quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Algumas Dicas Para o Crescimento Espiritual

Crescer espiritualmente é uma dádiva que Deus nos dá. Quando somos resgatados por Cristo, o aceitamos como nosso salvador e nos arrependemos dos nossos pecados, inicia-se em nós uma transformação feita pelo Espírito Santo, nos tornando cada vez menos parecidos com o que éramos antes e cada vez mais semelhantes a Cristo.

Infelizmente alguns param de crescer logo no início da caminhada, vivendo a vida toda como bebês espirituais, que não entendem nada, que tem que ser carregados pra todo lado e que nunca se tornarão o que Deus planejou para suas vidas.

Para que isso não aconteça, a Bíblia nos dá algumas dicas para que possamos continuar crescendo:

 

Fuja de tudo o que toma o lugar de Deus em tua vida

2Tm 2:22 - Foge, outrossim, das paixões da mocidade.  Segue a justiça, a fé, o amor e a paz com os que, de coração puro, invocam o Senhor.

Gl 5:16 - Digo, porém: andai no Espírito e jamais satisfareis à concupiscência da carne.

Cl 3:5-6 - Fazei, pois, morrer a vossa natureza terrena: prostituição, impureza, paixão lasciva, desejo maligno e a avareza, e  que é idolatria; por estas coisas é que vem a ira de Deus sobre os filhos da desobediência.

A Palavra nos ensina a resistir ao inimigo, mas fugir das paixões e tentações. Enquanto muitas pessoas e igrejas criam um sensacionalismo exagerado a respeito de demônios e do próprio Satanás, e fazem terrorismo a ponto de as pessoas o considerarem mais poderoso que o próprio Deus, a Bíblia nos ensina que nosso maior inimigo é nosso próprio eu. Nossa natureza pecaminosa é nosso real problema. Nós temos em nossa natureza o desejo de pecar.

Tudo aquilo que cobiçamos, o que a mídia e a sociedade impõem como essencial, os desejos carnais com que todos temos que conviver, afinal somos humanos... Estas coisas tentam todos os dias tomar o lugar do Senhor na nossa vida. Muitas vezes trocamos o nosso Deus por outros deuses e nem percebemos.

Nossos deuses podem ser os amigos, a namorada, a nossa banda, o instrumento que tocamos, o videogame, o serviço que realizamos na igreja, etc. Tudo isso pode tomar o lugar de Deus se não mantivermos o cuidado de fugir do que nos atrapalha e não mantivermos nossas prioridades bem definidas.

 

Mantenha viva a chama do Espírito

Mt 25:20 - Então, aproximando-se o que recebera cinco talentos, entregou outros cinco, dizendo: Senhor, confiaste-me cinco talentos; eis aqui outros cinco talentos que ganhei.

Entendemos que o Espírito Santo é quem nos capacita para a obra que o Senhor nos chamou. Vemos na parábola dos talentos, que o Senhor deu a cada um a quantidade que julgou correta e os mandou multiplicá-los. Isso significa que embora recebamos de graça, temos responsabilidade com o que ele nos dá, a responsabilidade de multiplicar.

Quando falamos em dom, é comum associar primeiramente a manifestações extraordinárias, como línguas estranhas, profecias, curas e libertação. De fato, tudo isso, quando acontece verdadeiramente, é obra do Espírito, mas não é tudo, e nem mesmo a parte mais importante.

O maior dom de Deus que recebemos é a salvação, e essa temos que compartilhar com todos aqueles que não compreenderam ainda essa maravilha. Não que possamos salvar alguém, isso cabe ao Espírito Santo, conforme nos relata a Bíblia, mas temos o dever de anunciar, com nossa vida, com nossas atitudes, com nossas palavras!

Cada um de nós recebeu de Deus capacidades diferentes: uns pregam, uns ministram louvor, outros tocam, alguns são bons conselheiros, outros intercessores, e há também os mestres, aqueles que ensinam. Tudo isso é dom de Deus, são capacitações que recebemos de Cristo e que Ele espera que apliquemos na sua obra. Não adianta eu receber algo de Deus se eu não utilizar para sua glória. Se não o servimos com o dom que temos, nos tornando semelhantes àquele servo que recebeu um talento e o enterrou. Não enterre seu talento!

Muitos querem receber muito, mas não estão dispostos a multiplicar o que receberem, querem viver um evangelho egoísta, sem repartição.

2 Tm 1:6 - Por esta razão, pois, te admoesto que reavives o dom de Deus que há em ti pela imposição das minhas mãos.

Por essa razão, Paulo adverte Timóteo que mantenha vivo o dom que recebeu. Isso demonstra a responsabilidade que temos em manter acesa a chama do Espírito Santo. O consolador está sempre em nosso meio buscando nos orientar e auxiliar, mas cabe a nós vivermos em oração e constante leitura da Bíblia para não perdermos o foco, para que não venhamos esquecer do que Deus quer de nós.

1Tm 4:14 - Não te faças negligente para com o dom que há em ti, o qual te foi concedido mediante profecia, com a imposição das mãos do presbitério.

Você recebeu um dom! Um chamado para que fizesse algo para o reino de Deus. Isso não é um simples compromisso perante seu líder ou pastor, ou mesmo com sua igreja, mas um compromisso diante de Deus!

 

Busque o fortalecimento na Graça

2Tm 2:1 -  Tu, pois, filho meu, fortifica-te na graça a  que está em Cristo Jesus. 

Ef 6:10 - Quanto ao mais, sede fortalecidos no Senhor e na força do seu poder.

Tt 2:11 - Porquanto a graça de Deus se manifestou salvadora a todos os homens.

Paulo deixa claro, assim como também toda a Bíblia afirma, que a força de que precisamos está na Graça de Deus. É por que Deus nos ama que nos entregou seu filho e tem um ministério pra nós, não por que merecemos. Por isso podemos confiar que teremos a força necessária para enfrentar as dificuldades e batalhas que surgem quando estamos no lugar que Deus nos colocou.

Temos a garantia de que o Espírito Santo nos dá a força, porém, sabemos que há algo que precisamos fazer: Buscar o fortalecimento que vem de Deus. Não importa o que já fizemos, pelo que passamos, por onde andamos, importa que a graça de Deus se manifestou a nós, Deus tem planos para nossa vida, nos dá aquilo que não merecemos, e nos faz fortes para suportar o que vier contra nós.

Está prestes a desistir? Saiba que Cristo te amou primeiro e não pensou em desistir do propósito de morrer por ti, e de graça. Então tenha certeza que pela graça, você será fortalecido!

Podemos sim, viver nossas vidas colocando Cristo em primeiro lugar, e confiando que ele nos dará sabedoria para possuirmos todas as coisas que Ele nos der, sem sermos possuídos por elas.

 

O crescimento espiritual é uma coisa que devemos buscar com todas as nossas forças, significa a cada dia estar mais perto de Deus, entender mais do que Ele quer pra nós, sermos mais úteis no Seu reino, significa sermos cada vez mais parecidos com Jesus! Busque o crescimento Espiritual como a coisa mais importante para sua vida. Mais importante do que estar em todos os cultos, porém com o pensamento longe dele, mais importante do que fazer 1000 coisas na igreja, sem ter o foco em Cristo, é crescer na graça e no conhecimento de Deus, pois assim faremos todas essas coisas com a real motivação e de uma forma que glorifique a Deus!